9 Frameworks CSS opensource para desenvolvimento front-end

Quando a maioria das pessoas pensa em desenvolvimento web, geralmente vêm à mente HTML ou JavaScript. Porem elas geralmente esquecem a tecnologia que tem muito mais impacto na capacidade de desfrutar de um site: folhas de estilo em cascata (CSS) . O CSS é uma das partes mais importantes e mais frequentemente esquecidas de qualquer página da Web, embora seja uma das três tecnologias fundamentais na web.

Este artigo explora nove frameworks populares, poderosas e de código aberto que tornam o desenvolvimento de CSS simples para criar belos frontends de sites.

Nome O que é? Licença
Bootstrap A estrutura CSS mais popular; pelo Twitter MIT
PatternFly Estrutura de código aberto; por Red Hat MIT
Componentes de material para web Estrutura de código aberto; pelo Google MIT
Pure Estrutura de código aberto; pelo Yahoo BSD
Foundation Estrutura de front-end; pela Fundation Zurb MIT
Bulma Estrutura CSS moderna baseada no Flexbox MIT
Skeleton Estrutura CSS leve MIT
Materialize Estrutura CSS baseada em Design de Materiais MIT
Bootflat Kit Flat UI de código aberto baseado no Bootstrap 3.3.0 MIT

Bootstrap

O Bootstrap é facilmente a estrutura CSS mais popular e foi a que iniciou todo o design de front-end da web. Desenvolvido pelo Twitter, o Bootstrap oferece usabilidade, funcionalidade e extensibilidade.

PatternFly

O PatternFly é uma estrutura CSS de código aberto (sob a licença MIT) da Red Hat. O PatternFly adota uma abordagem diferente da do Bootstrap: embora o Bootstrap seja destinado a qualquer pessoa interessada em criar um site bonito, o PatternFly é focado principalmente nos desenvolvedores de aplicativos corporativos e fornece componentes, como barras, gráficos e navegações, muito atraentes para a criação de ferramentas poderosas, painéis controlados por métricas. De fato, a Red Hat usa essa estrutura CSS para o design de seus produtos, como o OpenShift.

Componentes de material para a web

Com sua plataforma Android de grande sucesso, a Google estabeleceu suas próprias diretrizes de design padrão com um conceito chamado Material Design. Os padrões de design de material devem refletir todos os produtos da Google e também estão disponíveis para o público em geral e de código aberto sob a licença MIT.

Pure

Bootstrap, Patternfly e MDC Web são estruturas CSS muito poderosas, mas podem ser bastante pesadas e complexas. Se você deseja uma estrutura CSS leve, mais próxima da codificação do CSS e ainda ajudar a criar uma boa página da web, tente Pure.css . Pure é uma estrutura CSS leve, com um espaço mínimo. Foi desenvolvido pelo Yahoo e é de código aberto sob a licença BSD.

Foundation

A Foundation afirma ser a estrutura de front-end responsiva mais avançada do mundo. Ele fornece recursos avançados e tutoriais para a criação de sites profissionais.

A estrutura é usada por muitas empresas, organizações e até governamentais, e possui muita documentação disponível.

A página GitHub da Foundation mostra cerca de 17.000 confirmações e 1.000 colaboradores. Como a maioria das outras estruturas nesta lista, ela está disponível sob a licença MIT.

Bulma

Bulma é uma estrutura de código aberto baseada no Flexbox e disponível sob a licença MIT. Bulma é uma estrutura bastante leve, pois requer apenas um arquivo CSS.

A Bulma possui documentos limpos e simples que facilitam a escolha dos tópicos que você deseja explorar. Ele também possui vários componentes da web que você pode simplesmente pegar e utilizar em seu design.

Skeleton

Se o Pure é pesado demais para você, existe uma outra framework ainda mais leve chamada Skeleton. A biblioteca Skeleton tem apenas cerca de 400 linhas e a framework fornece apenas os componentes essenciais para iniciar sua jornada na estrutura CSS.

Materialize

O Materialize é uma framework de front-end responsiva, baseada no Design de materiais da Google, com temas e componentes adicionais desenvolvidos pelos colaboradores da Materialize.

O Materialize é um projeto de código aberto sob a licença MIT, e seu GitHub lista mais de 3.800 confirmações e 250 colaboradores.

Bootflat

Bootflat é uma framework CSS de código aberto derivada do Bootstrap do Twitter. Comparado ao Bootstrap, o Bootflat é mais simples, com componentes de estrutura mais leves.

A sua documentação do Bootflat quase parece inspirada pela IKEA - mostra uma imagem de cada componente sem muito texto.

O Bootflat está disponível sob a licença MIT e sua página do GitHub inclui 159 confirmações e oito colaboradores, até o momento.

Então qual framework CSS você deve escolher?

Você tem muitas opções para frameworks CSS de código aberto, dependendo de quão rico em recursos ou simples você deseja que as ferramentas sejam. Como todas as decisões de tecnologia, não existe uma resposta certa para tudo ou para todos; existe apenas a escolha certa para o tempo determinado e o projeto especificado.

Conforme as dicas que foram mostradas neste artigo veja qual você deseja utilizar no seu próximo projeto. Além disso, eu esqueci algum framework CSS interessante de código aberto? Compartilhe seus comentários abaixo.

Leave a Reply

Your email address will not be published. Required fields are marked *

You May Also Like