O que é uma versão LTS do Ubuntu?

O que significa LTS

LTS significa suporte de longo prazo. Para um LTS, há um ciclo de desenvolvimento mais curto, em que engenheiros e colaboradores contribuem para o corpo da versão. E um ciclo de testes beta mais longo, em que ocorrem mais testes e correções de bugs para se concentrar no desempenho e na estabilidade de uma versão.

Sem suporte a longo prazo, o software pode se tornar um risco de segurança. As vulnerabilidades se desenvolvem com o tempo e, sem mecanismos para corrigi-las ou atualizá-las, os sistemas ficam expostos e apresentam desempenho pior quanto mais tempo ficam desatualizados.

Por outro lado, se os usuários mantiverem a mesma versão por muito tempo, seu sistema começará a ficar para trás. Embora alguns recursos importantes sejam ocasionalmente portados para versões antigas, o desenvolvimento avança. O mais recente é tipicamente o melhor.

O que é uma versão LTS do Ubuntu

Uma LTS é um compromisso da Canonical para oferecer suporte e manter uma versão do Ubuntu por cinco anos. Sempre no mês de abril de cada dois anos, a Canonical lança uma nova LTS, onde todos os desenvolvimentos dos dois anos anteriores se acumulam em um lançamento atualizado e rico em recursos. Esses lançamentos focam na melhoria e estabilidade do desempenho. Por isto que a LTS é recomendado para empresas de grande porte, usuários em geral e negócios. No entanto, para usuários mais dinâmicos, a cada seis meses ao longo desses dois anos, também há versões para desenvolvedores. Esses lançamentos são atualizados e relevantes, com as maiores e mais recentes contribuições, mas são suportados apenas por nove meses por vez.

Uma versão LTS também é uma oportunidade para fazer a comunidade Ubuntu crescer. Contribuições de milhares de desenvolvedores se reúnem em uma versão que será recomendada aos usuários nos próximos anos. A comunidade confia no Ubuntu o suficiente para que haja vários 'flavors' oficiais do Ubuntu que dependem da melhoria contínua para seu próprio sucesso. E a confiança segue nos dois sentidos, cada flavor libera uma LTS com a mesma cadência de lançamento do Ubuntu, e as flavors são apoiados pela equipe de desenvolvimento completo do Ubuntu para pacotes e atualizações.

Leave a Reply

Your email address will not be published. Required fields are marked *

You May Also Like