Windows 10 está integrando o acesso WSL ao File Explorer

A Microsoft já havia revelado seus planos de lançar um kernel Linux completo no Windows 10, e agora a empresa planeja integrar totalmente o acesso a arquivos Linux no Windows Explorer. Um novo ícone do Linux estará disponível no painel de navegação esquerdo no Explorer, fornecendo acesso ao sistema de arquivos para todas as distribuições instaladas no Windows 10.

O ícone que aparecerá no Explorer é o famoso Tux, o mascote do kernel do Linux. A Microsoft está testando a integração do Linux com o Windows Explorer em uma nova compilação do Windows 10 que está disponível para testes apartir de hoje. Anteriormente, os usuários do Windows 10 precisavam navegar manualmente para um caminho UNC para obter acesso aos arquivos do Linux a partir do Windows Subsystem for Linux (WSL).

WSL embutido no Windows explorer

O WSL da Microsoft é um sistema que a empresa vem aprimorando gradualmente, com promessas de um kernel completo do Linux para Windows 10. A Microsoft também adicionou a integração do shell Bash, o OpenSSH nativo no Windows 10 e até o Ubuntu, SUSE Linux e Fedora na Windows Store. A Microsoft também lançou uma nova ferramenta de linha de comando do Windows Terminal no ano passado.

Se você tiver o WSL ativado, o Tux irá aparecer no Windows Explorer. A Microsoft está buscando feedback sobre a integração antes de finalizar como parte de uma futura atualização do Windows 10. O desenvolvedor do software enviará esta atualização para todos os usuários do Windows 10 ainda este ano.

E ae o que você achou dessa integração do WSL no File Explorer do Windows 10?

Deixe uma resposta
You May Also Like